Em 1976, época pós-revolução de 25 de Abril de 1974, juntando as necessidades dos jovens daquele tempo em relação à Igreja, e um sonho de um frade, Frei António Pojeira Dias, convocaram-se todos os jovens barcelenses para animar a Missa do Galo na Igreja de Santo António, em Barcelos, através dos cânticos e da representação do Presépio ao Vivo.

A representação do Presépio ao Vivo foi um sucesso, tanto para os jovens que nela participaram como para toda a Comunidade que assistiu e, “passando a palavra”, encheu-se de crianças, jovens e adultos aquela Igreja de Santo António que foi pequena para tanta gente que quis assistir às representações do Presépio Vivo nesse ano.

 

 

 

 

 

Procuravam-se na altura respostas às várias dúvidas dos jovens em relação à Igreja e ao Mundo. Estas são as incertezas que ainda permanecem nos jovens de hoje, de forma diferente, é certo, mas para quem o grupo proporciona estabilidade e um sentimento de pertencer a algo: algo superior a cada um de nós.

O Grupo ADONAI foi crescendo. Crescendo à medida dos jovens que foram pertencendo ao grupo, e também os jovens crescendo à imagem de Jesus Cristo, nosso Deus que permanece para sempre em cada um dos jovens que por aqui passa. Além da formação cristã, são também objetivos deste grupo o fomento da amizade, da partilha, da igualdade e da vivência franciscana.

Os números revelam que o Grupo ADONAI cresceu exponencialmente, fruto de campanhas para angariação de novos elementos e do desenvolvimento de atividades que cativam os jovens, marcando assim a vida de muitos Barcelenses.

O Grupo ADONAI, sempre jovem, é composto por elementos com mais de 15 anos que aspiram a coisas maiores e, vislumbrando em seus corações a possibilidade de valores mais autênticos, não se deixam seduzir pelas falsas promessas dum estilo de vida sem Deus.

Todos os jovens pertencentes a este grupo têm o dever e também o direito de estar integrados nas diversas atividades. Por isso, requer por parte de qualquer jovem um grande sentido de responsabilidade e amor a esta camisola, à camisola de pertencer ao Grupo e à grande Família ADONAI!

 

 

 

Estes jovens sabem que, sem Deus, seria difícil afrontar os desafios que a vida nos coloca e ser verdadeiramente felizes, colocando para isso todo o entusiasmo na consecução duma vida autêntica.

Mas, com Ele a seu lado, terão luz para caminhar e razões para esperar, não se detendo nem mesmo diante dos ideais mais altos, que hão de motivar os seus generosos compromissos para a construção de uma sociedade onde se respeite a dignidade humana e uma efetiva fraternidade.