“De quem tens mais a esperar, do servo ou do senhor?”

O senhor chama. O Senhor que é Rei.
Mas o nosso mundo está cheio de outros “reis” que nos reclamam como seus súbditos.

“O meu Reino não é deste mundo.”

Mas é este o nosso verdadeiro Rei.
O Rei que oferece mais do que pede, e por vezes nem pede nada.
O Rei que por vezes abandonamos, mas que não nos fecha o Seu Reino.

“Hoje estarás comigo no paraíso.”

É este o nosso Rei.
É este o Rei que seguimos, não porque nos subjuga ou oprime, mas porque nos dá todo o Seu Reino sem nos pedir mais do que segui-Lo.