Que o povo cristão reflicta, sobre as obras de misericórdia corporal e espiritual. Será uma maneira de acordar a nossa consciência, muitas vezes adormecida e de entrar cada vez mais no coração do Evangelho, onde os pobres são os privilegiados da misericórdia divina.

(Mensagem do Santo Padre – Quaresma 2016)