Deus derrama a sua misericórdia sem limites até ao ponto de fazer de Cristo Misericórdia encarnada. No mesmo horizonte da misericórdia, viveu Ele a sua paixão e morte, ciente do grande mistério de amor que se realizaria na cruz.

(Mensagem do Santo Padre – Quaresma 2016)